24/11/2021 | Notícia Simesp

Carta aberta dos servidores da saúde de Poá


Nós, servidores da saúde de Poá, trabalhadores do ex Hospital Municipal de Poá (médicos, enfermagem, fisioterapeutas, recepção e demais envolvidos na assistência à saúde), que atendemos a população não medindo esforços, em especial durante a pandemia, vimos a público listar a situação na qual estamos passando.

Desde o início da pandemia nossas férias e folgas foram suspensas. Trabalhamos incansavelmente e tivemos colegas doentes, mortos e sequelados. Ainda por cima, a Prefeitura não nos pagou as horas extras que fizemos cobrindo colegas e suprindo a maior demanda do município, sem ter a insalubridade reajustada, e retirou o vale refeição de todos. Em plena pandemia e com o aumento do valor dos alimentos!

Estamos vendo a cada dia o ex Hospital Municipal de Poá ser destruído sem reformas e sem manutenção. Estamos com o terceiro andar alagado e interditado. Depois fecharam as portas e aos poucos, sem abrir concurso, defasaram o número de trabalhadores e sobrecarregaram os que aqui ficaram. Essa situação piorou muito na pandemia. Por muitas vezes não tivemos os insumos e os melhores medicamentos para atender a população de Poá. Agora a prefeitura irá entregar para a iniciativa privada o hospital (para as OSs) e nos expulsará daqui sem direito a negociação!

Por diversas vezes levamos todas essas demandas para o município! Os trabalhadores da saúde de Poá não aguentam mais!

Apelamos para a população nos ajudar a defender a garantia de saúde a todos: pelo pagamento dos trabalhadores, pela garantia de férias, que cessem as perseguições, contra a terceirização do ex-Hospital Municipal. Com tudo o acima listado nos encontramos hoje em GREVE e pedimos seu entendimento e colaboração!

#GrevepelaSaúdePoá

Poá-SP, 22 de novembro de 2021.



COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA


SIGA O SIMESP


CONTATOS

Assessoria de Imprensa

Paulo Galvão
(11) 3292-9147
paulo@simesp.org.br


Redação

(11) 3292-9147
imprensa@simesp.org.br


NEWSLETTER

SIMESP - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS