27/08/2021 | Notícia Simesp

Simesp dialoga com médicos celetistas e residentes da Santa Casa e do IAMSPE


No dia 9 de agosto, dirigentes do Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp) visitaram o Ambulatório Conde de Lara da Santa Casa de São Paulo, na região central da cidade, e o Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE) do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual de S. Paulo (IAMSPE), na Zona Sul. Com o intuito de discutir a Campanha Salarial Unificada com os profissionais de saúde, as conversas também tocaram em importantes pautas específicas dos médicos celetistas da Santa Casa e de residentes dos dois locais.

Pela manhã, os diretores do sindicato foram bem recebidos no Ambulatório Conde de Lara e os principais pontos da Campanha Salarial Unificada tiveram boa aceitação entre os médicos. Com os celetistas, eles conversaram sobre o atraso de pagamentos de 2014, quando a Santa Casa deixou de pagar o 13º salário e um mês de vencimentos para muitos profissionais. Após acionar a Justiça, o Simesp obteve vitória total para os médicos. Os diretores também os ouviram sobre ao avanço do processo de “pejotização” de várias unidades do local, uma realidade comum aos profissionais da área, de modo geral, e aos que atuam na filantrópica. Em 2019, foi necessário intervir em um processo de terceirização dos serviços e de demissão, em negociações individuais, de 152 médicos da Santa Casa. Apesar do sindicato ter impedido tal demissão sem o pagamento de verbas rescisórias a todos os médicos da UTI e Pronto Socorro, desde então a Santa Casa os demite progressivamente, avançando com a pejotização desses setores. Atualmente, quase todos estão sob regime de Pessoa Jurídica (PJ).

Outra discussão importante foi da criação de uma associação de médicos residentes do local. Em conversa com muitos desses profissionais, os diretores colocaram o sindicato à disposição para realização da iniciativa. O Simesp tem dado suporte jurídico e cartorial para reabertura de associações de residentes onde já existiam e para criação de novas.

No período da tarde, a visita ao HSPE/IAMSPE foi igualmente positiva quanto a recepção das pautas da Campanha Salarial e as relativas aos médicos residentes. No ano passado, a mobilização de quase paralisação desses profissionais conquistou o pagamento de uma gratificação provisória pelo combate à Covid-19. A proposta é de incorporação dessa gratificação nas remunerações. Para essas e outras conquistas, o Simesp busca desenvolver um diálogo com os residentes sobre a constituição de uma associação por lá.

Compreendendo que um financiamento estável é fundamental para o desenvolvimento de suas atividades, a parceria do Simesp com essas associações prevê reverter parte do valor das sindicalizações dos residentes de volta a elas. Assim, os residentes sindicalizados ajudam a financiar a própria entidade representativa – e pagam meia anuidade, dispondo de todos os direitos e benefícios que os demais, como plano de saúde, assistência jurídica, descontos em convênios e no acesso a seguridades profissionais.

É fácil se sindicalizar ao Simesp! Saiba como clicando aqui.



COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA


SIGA O SIMESP


CONTATOS

Assessoria de Imprensa

Paulo Galvão
(11) 3292-9147
paulo@simesp.org.br


Redação

(11) 3292-9147
imprensa@simesp.org.br


NEWSLETTER

SIMESP - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS