14/09/2020 | Campanha Salarial 2020

Patrões querem diminuir salários dos médicos durante a pandemia


Simesp pediu 5% de reajuste salarial, mas a contraproposta do Sindhosfil é de 1%, muito aquém da inflação do período

Depois de mais de 250 médicos terem perdido suas vidas para a Covid-19 (coronavírus), os patrões das organizações sociais (OSs), santas casas e hospitais filantrópicos querem diminuir os salários dos médicos. Isso porque, durante a negociação da campanha salarial 2020/2021, o Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp) pleiteia aumento de 5% para a categoria, já que a inflação do período é de 2,94% e o mundo enfrenta uma pandemia sem precedentes, mas o Sindhosfil, sindicato patronal, apresentou uma contraproposta de reajuste de apenas 1%, muito aquém do que seria o mínimo para manter o poder de compra dos profissionais neste momento.

De acordo com o presidente do Simesp, Victor Dourado, as organizações sociais, por exemplo, não foram impactadas de forma negativa financeiramente pela pandemia, pelo contrário, tiveram aumento de receita com os hospitais de campanha e não tiveram cortes de contratos. “Além de diminuir os salários, o sindicato patronal também propõe redução de horas extras de 100% para 90% e diminuição de adicional noturno de 40% para 32,5%. Nós, médicos, precisamos nos unir nessa luta para que nenhum direito nos seja tirado.”

O Simesp também exige que os médicos com vínculo empregatício como pessoa jurídica (PJ) tenham o direito de receber remuneração integral em casos de adoecimento por Covid-19.

Leia também: Simesp visita Hospital São Paulo para informar sobre a campanha salarial.

Se você ainda não é associado ao Simesp, sindicaliza-se! É a sua sindicalização que garante a atuação do Simesp contra a precarização do trabalho médico. Clique no link e saiba como é fácil se associar: https://simesp.org.br/sindicalize-se/. Juntos somos mais fortes!



COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA


SIGA O SIMESP


CONTATOS

Assessoria de Imprensa

Nicolli Oliveira
(11) 3292-9147
nicolli@simesp.org.br


Redação

(11) 3292-9147
imprensa@simesp.org.br


NEWSLETTER

SIMESP - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS