14/07/2020 | Outros assuntos

Simesp participa de ato contra a terceirização do Hospital Campo Limpo


Membros do Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp) estiveram hoje, 14 de julho, no Ato em Defesa do Hospital Campo Limpo, na região sul de São Paulo. A unidade está em vias de ser terceirizada e ter sua administração entregue à organização social (OS) Hospital Israelita Albert Einstein no dia 1º de agosto. Com a mudança, os profissionais que trabalham na unidade por diferentes vínculos de contratação estão sem saber se serão realocados, se seus contratos serão sub-rogados, quais serão as condições de trabalho e alguns lidam a incerteza quanto à manutenção de seus postos de trabalho.

Victor Dourado, presidente do Simesp, explica que o hospital conta com médicos residentes e o quadro de funcionários é composto por funcionários estatutários, funcionários terceirizados pela OS Centro de Estudos e Pesquisas Dr. João Amorim (Cejam) e outras empresas terceirizadas, além de profissionais sob contratos de emergência. “A prefeitura se aproveita do caos de uma pandemia para passar por cima de trabalhadores e usuários do hospital”, explica Dourado. “Esses médicos estão lidando com um futuro muito incerto: residentes não sabem como serão estruturados seus programas, estatutários não sabem se serão realocados, os terceirizados não sabem se serão sub-rogados ou demitidos pela nova OS e os trabalhadores com contrato de emergência lidam com a ameaça de desemprego”, pontua o presidente do Simesp.

O Hospital Campo Limpo é referência de atendimento para ortopedia, neurocirurgia e saúde mental, além de ser também o único público e responsável pelo atendimento de cerca de 650 mil pessoas. Apesar da importância da unidade para a população local, a Secretaria da Saúde (SMS) e a Prefeitura de São Paulo se recusam a dialogar com o Conselho Gestor do hospital, com o Conselho Municipal de Saúde e também com os trabalhadores.

Dourado lembra que é importante que os médicos e residentes do hospital se organizem de forma coletiva para pautarem suas reivindicações. Se você é médico funcionário do Hospital Campo Limpo, entre em contato com o Simesp pelo telefone (11) 3292-9147, WhatsApp (11) 99111-5490 ou e-mail relacionamento@simesp.org.br.

 


COMPARTILHE ESTA NOTICIA


SIGA O SIMESP


CONTATOS

Assessoria de Imprensa

Nicolli Oliveira
(11) 3292-9147
nicolli@simesp.org.br


Redação

(11) 3292-9147
imprensa@simesp.org.br


NEWSLETTER

SIMESP - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS