30/10/2019 | Campanha Salarial

Simesp fecha acordo coletivo com o Sindhosp e reajuste salarial será de 3,28%


Médicos que trabalham em hospitais, clínicas, laboratórios e casas de saúde terão reajuste salarial de 3,28%. O acordo firmado entre o Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp) e o Sindicato dos Hospitais, Clínicas, Casas de Saúde, Laboratórios de Pesquisas e Análises Clínicas do Estado de São Paulo (Sindhosp) garantiu a manutenção do poder de compra do médico mesmo em um ano de crise. Além do reajuste, os profissionais também receberão 100% sobre as horas extras e 50% de adicional noturno. O mesmo acordo, com as mesmas cláusulas, também foi firmado com Sindribeirão, Sindmogi e Sindsuzano.

A data-base da categoria é 1º de setembro. O reajuste será calculado sobre o salário pago em 31 de agosto de 2018 e entrará na folha de pagamento até o 5º dia útil de novembro. O índice de reajuste foi negociado pelo Simesp 0,120% acima do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do período.

Confira as convenções coletivas na íntegra.

Cláusulas sociais
Fica garantida a estabilidade à médica gestante desde o início da gravidez até cinco meses dias após o parto. Já os novos pais, terão direito a uma licença de cinco dias.

Os profissionais também terão como benefício cinco dias por ano, consecutivos ou não, sem prejuízo nos salários, para participação de congressos e outros eventos científicos.



COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA


SIGA O SIMESP


CONTATOS

Assessoria de Imprensa

Nicolli Oliveira
(11) 3292-9147
nicolli@simesp.org.br


Redação

(11) 3292-9147
imprensa@simesp.org.br


NEWSLETTER

SIMESP - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS