19/08/2010 | Notícia Simesp

Nota da Ameresp


“Os médicos residentes do estado de São Paulo aderiram à greve nacional desde o dia 19 de agosto de 2010, lutando por melhores remuneração e condições de trabalho. O movimento é legítimo conforme o Código de Ética Médica (CEM, Capítulo II, inciso V) e a Associação dos Médicos do Estado de São Paulo (AMERESP) preocupou-se em comunicar as autoridades competentes com 72 horas de antecedência ao mandar ofícios ao Conselho Regional de Medicina de São Paulo e às COREMEs dia 16 de agosto de 2010, conforme orienta o Conselho Federal de Medicina (CFM).
Lembramos que coação para não adesão dos residentes por parte de professores médicos, preceptores e médicos assistentes fere o Código de Ética Médica (inciso XV do Capítulo I e artigos 49 e 56 do Capítulo VII). A AMERESP não vai tolerar esse tipo de atitude e levará o assunto a diante em fóruns competentes se for preciso”.

Apoio

O Sindicato dos Médicos apóia os médicos residentes hipotecando toda solidariedade e repudia qualquer tentativa de represália, prepotência ou autoritarismo em confronto com as justas reivindicações dos colegas residentes do estado de São Paulo e do Brasil.



COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA


SIGA O SIMESP


CONTATOS

Assessoria de Imprensa

Paulo Galvão
(11) 3292-9147
paulo@simesp.org.br


Redação

(11) 3292-9147
imprensa@simesp.org.br


NEWSLETTER

SIMESP - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS