Home O SIMESP Serviços Financeiro Comunicação Notícias e Eventos Contato Links
Simesp
Área do Médico

Associe-se Atualize seus dados Faqs Certidão de Quitação
Comunicação
 


   Editoria: De: Até:    

03/06/2020
 Simesp irá à hospital de campanha cobrar segurança para médicos
 Ato acontecerá no dia 8 de junho, às 12h

SIMESP
O Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp) irá ao Hospital de Campanha do Anhembi, dia 8 de junho, às 12h, para pedir mais segurança para os profissionais e melhores condições de atendimento para a população. Isso porque as organizações sociais (OSs) contratadas para gerir estes hospitais, têm deixado de fornecer estrutura adequada, ao ponto de médicos da unidade da zona norte desistirem de seus plantões por falta de equipamento de proteção individual (EPI) e sobrecarga de trabalho. A situação tem se repetido em outros hospitais de campanha da capital paulista.

O cenário da unidade do Anhembi é só um exemplo do que tem acontecido por todo o estado no combate ao Covid-19 (coronavírus), com alguns agravantes. “As OSs não oferecem treinamento, nem fluxos de atendimento adequado, colocando os médicos em postos de vulnerabilidade”, explica Juliana Salles, diretora do Simesp. “Além de contratar a mão de obra por meio de vínculos precários, sem nenhuma garantia de afastamento remunerado, muito menos do posto de trabalho em casos adoecimento”. Uma vez contratados, médicos lidam com um cenário de mais de 10 pacientes por profissional. Segundo denúncia recebida pelo Simesp, ao reivindicar um número menor de pacientes por profissional, os trabalhadores disseram que a intenção era manter um médico para cada 20 leitos.

O Simesp denunciou irregularidades nas contratações bem como a falta de EPI ao Ministério Público do Trabalho (MPT) e as condições seguem sob investigação do órgão. Ao todo, foram três as OSs denunciadas pelo sindicato: o Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (Iabas), a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) e OGS Saúde (quarteirizada pelo Iabas).

Além da falta de mão de obra especializada, segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo, na qual o Simesp foi fonte, o Hospital de Campanha do Anhembi tem graves problemas estruturais como falta de espaço para repouso e são obrigados a dividir colchões ou dormir em cadeiras. De acordo com o que foi apurado pelo jornal, em abril a unidade enfrentou problemas com o abastecimento de água e a devida higienização deixou de ser feita.

Para Juliana, é imprescindível garantir segurança aos profissionais de saúde destes hospitais. “Esses são os médicos que atendem exclusivamente casos de Covid-19, são a linha de frente da luta contra a pandemia e é dever do estado garantir condições mínimas de trabalho”. O Hospital de Campanha do Anhembi está localizado no Palácio de Convenções do Anhembi, à Av. Olavo Fontoura, 1209 - Santana, São Paulo – SP.



Voltar



O SIMESP Serviços Financeiro Comunicação Notícias e Eventos Contato  Links
- Diretoria
- Regionais
- Estatuto
- Processo Eleitoral
- Perguntas frequentes (FAQ)
- Associe-se
- Atualize seus dados
- Assessoria Jurídica
- Processos online
- Campanhas Salariais
- Convenções Coletivas
- Cálculo de I.R.
- Homologação
- Banco de Empregos Médicos
- Banco de Imóveis da Saúde
- Mural de Devedores
- Simesp+
- Tipos de Contribuição
- Calendário de Cobrança
- Certidão de Quitação
- TV Simesp
- Revista DR!
- Jornal do Simesp
- Simesp Esclarece
- Movimento Médico
- Simesp na Midia
- Cultura e Arte

Sede: Rua Maria Paula, 78 - 1º ao 4º Andar | São Paulo - SP | Cep: 01319-000 | Fone: (11) 3292-9147 - | Fax: (11) 3107-0819