Home O SIMESP Serviços Financeiro Comunicação Notícias e Eventos Contato Links
Simesp
Área do Médico

Associe-se Atualize seus dados Faqs Certidão de Quitação
Comunicação
 


   Editoria: De: Até:    

23/01/2020
 Quase 800 médicos podem ter suas indenizações pagas pela Prefeitura de São Paulo
 

SIMESP
No dia 21 de janeiro, médicos que ainda possuem valores a receber de precatórios da Prefeitura de São Paulo, e que ainda não haviam fechado acordo, compareceram ao Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp) para adesão à proposta ofertada pela prefeitura por meio do edital 01/2019. Ao todo, quase 800 médicos podem ter seus direitos ressarcidos. Uma vez firmado, não é possível voltar atrás na adesão do acordo.

Os profissionais que ainda tenham interesse em firmar acordo têm até dia 28 de fevereiro de 2020 para confirmar a adesão comparecendo à sede do Simesp com cópia dos documentos de RG, CPF e número do CRM. Já os herdeiros, precisam levar o pedido de habilitação dos herdeiros, a decisão que deferiu a habilitação (quando já deferida), a indicação do grau de parentesco e distribuição entre as partes.
Em sua maioria, o pagamento das indenizações é resultado de processo movido pelo Simesp contra a prefeitura da capital paulista devido aos reajustes salariais que não foram pagos aos médicos servidores municipais no período de 1995 a 2000 (durante as gestões de Paulo Maluf e de seu sucessor Celso Pitta). Para Eder Gatti, presidente do Simesp, a conquista das indenizações simboliza um importante ressarcimento de direitos trabalhistas que foram retirados.

O processo beneficia mais de 2 mil servidores e ex-servidores do município associados ao Sindicato em 1995, ano no qual a ação foi movida. Mas foi apenas em 2001, que o poder municipal foi derrotado em seu último recurso no Supremo Tribunal Federal (instância máxima do poder judiciário no país).

Apesar da vitória, a diferença salarial só começaria a ser paga em dezembro de 2023, pois os valores devidos entraram na longa fila dos precatórios. Por essa razão, a condição da prefeitura para que haja pagamento "antecipado" é que haja um desconto sobre o valor atualizado do crédito e estipulado por ordem cronológica:

- 25% entre os anos de 2003 a 2005;
- 30% entre os anos de 2006 a 2007;
- 35% entre os anos de 2008 a 2015;
- 40% entre os anos de 2016 a 2020.

Médicos incluídos em outros processos de precatórios movidos pelo Simesp também foram contemplados no edital proposto pelo município. Para verificar se há valores de precatórios a receber, entre em contato com o Simesp pelo telefone (11) 3292-9147 ou relacionamento@simesp.org.br.



Voltar



O SIMESP Serviços Financeiro Comunicação Notícias e Eventos Contato  Links
- Diretoria
- Regionais
- Estatuto
- Processo Eleitoral
- Perguntas frequentes (FAQ)
- Associe-se
- Atualize seus dados
- Assessoria Jurídica
- Processos online
- Campanhas Salariais
- Convenções Coletivas
- Cálculo de I.R.
- Homologação
- Banco de Empregos Médicos
- Banco de Imóveis da Saúde
- Mural de Devedores
- Simesp+
- Tipos de Contribuição
- Calendário de Cobrança
- Certidão de Quitação
- TV Simesp
- Revista DR!
- Jornal do Simesp
- Simesp Esclarece
- Movimento Médico
- Simesp na Midia
- Cultura e Arte

Sede: Rua Maria Paula, 78 - 1º ao 4º Andar | São Paulo - SP | Cep: 01319-000 | Fone: (11) 3292-9147 - | Fax: (11) 3107-0819