Home O SIMESP Serviços Financeiro Comunicação Notícias e Eventos Contato Links
Simesp
Área do Médico

Associe-se Atualize seus dados Faqs Certidão de Quitação
Comunicação
 


   Editoria: De: Até:    

12/11/2019
Desmistificar o uso de medicamentos durante a lactação foi o mote de palestra no Simesp

Quase 100 pessoas participaram de evento do pediatra espanhol Carlos González

SIMESP
Ontem, 11 de novembro, o auditório do Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp) recebeu o pediatra espanhol Carlos González para uma palestra sobre medicamentos e amamentação. Quase 100 pessoas estiveram presentes e puderam acompanhar o evento, que contou com tradução simultânea. Em sua segunda visita ao Simesp, o pediatra abordou conceitos e desmistificou o uso de algumas medicações durante o período de amamentação, além de abordar também o prejuízo do uso de fórmulas e alguns fármacos para alimentação de bebês. O evento foi realizado em parceria com a Editora Timo, sócios do Simesp tiverem até 50% de desconto e puderam concorrer a sorteios ingressos para a palestra.

Autor do livro Um Presente Para A Vida Toda: Guia De Aleitamento Materno, Carlos González defendeu que “o pior lugar para procurar informações sobre amamentação é a bula do medicamento”. Segundo o pediatra, quase todos os medicamentos advertem sobre contraindicações e não recomendam seu uso, mas existe uma grande variedade de medicamentos que são perfeitamente compatíveis com a lactância. Por isso, o palestrante explicou como é possível utilizar publicações como o PubMed para obtenção de informações mais específicas para cada caso.

Além disso, para contraindicar ou não um fármaco durante o período de amamentação, Carlos González se baseia em quatro questionamentos: a medicação receitada passa para o sangue da mãe? Consequentemente, ela passa para o leite? Se sim, o medicamente vai para a corrente sanguínea do bebê? E, caso todas as perguntas anteriores sejam respondidas positivamente, esse fármaco produz algum efeito nocivo?
O pediatra abordou também o método criado por ele e intitulado “Dias Para Tomar Comprimido”, capaz de estipular quantos dias de exclusiva amamentação seriam necessários para que o bebê ingerisse um comprimido do medicamento que foi receitado à mãe. Radioatividade e uso de tabaco, álcool e cafeína durante o aleitamento também foram abordados pelo palestrante.

Denize Ornelas, secretária geral do Simesp e uma das organizadoras da palestra, agradeceu a presença do palestrante e também dos movimentos sociais de mulheres que estiveram presentes. Segundo ela, receber eventos e organizações interessadas em debater o empoderamento feminino e o processo de amamentação é uma das funções do sindicato. “Este espaço também é de vocês e deve ser utilizado para gerar benefícios sociais”, explicou. Após a palestra, os participantes puderam esclarecer dúvidas.






Voltar



O SIMESP Serviços Financeiro Comunicação Notícias e Eventos Contato  Links
- Diretoria
- Regionais
- Estatuto
- Processo Eleitoral
- Perguntas frequentes (FAQ)
- Associe-se
- Atualize seus dados
- Assessoria Jurídica
- Processos online
- Campanhas Salariais
- Convenções Coletivas
- Cálculo de I.R.
- Homologação
- Banco de Empregos Médicos
- Banco de Imóveis da Saúde
- Mural de Devedores
- Simesp+
- Tipos de Contribuição
- Calendário de Cobrança
- Certidão de Quitação
- TV Simesp
- Revista DR!
- Jornal do Simesp
- Simesp Esclarece
- Movimento Médico
- Simesp na Midia
- Cultura e Arte

Sede: Rua Maria Paula, 78 - 1º ao 4º Andar | São Paulo - SP | Cep: 01319-000 | Fone: (11) 3292-9147 - | Fax: (11) 3107-0819