Home O SIMESP Serviços Financeiro Comunicação Notícias e Eventos Contato Links
Simesp
Área do Médico

Associe-se Atualize seus dados Faqs Certidão de Quitação
Comunicação
 


   Editoria: De: Até:    

13/04/2016
Peça metalinguística mostra embate entre o escritor libertino Marquês de Sade e o revolucionário Jean-Paul Marat

 

 
Uma peça dentro de uma peça. Esse pode ser um resumo do espetáculo “Marat – Sade (A Perseguição e Assassinato de Jean-Paul Marat)”, musical do alemão Peter Weiss. A peça, que estreia em 4 de maio, apresenta embates fictícios entre o escritor Marquês de Sade e o médico, jornalista e revolucionário Jean-Paul Marat.

Pelos seus textos recheados de perversões sexuais e violência, Sade foi alvo de perseguições tanto da monarquia quanto dos revolucionários franceses que a derrubaram e tomaram o poder em 1789 (entre os quais estava Jean-Paul Marat).

Escrito em 1963, o texto metalinguístico apresenta a encenação da perseguição e assassinato de Jean-Paul Marat, realizada pelos internos do hospício de Charenton, em 1808, no apogeu do Império Napoleônico. Sade, de fato, foi um dos internos do lugar. Marat havia sido assassinado em 1793. A montagem, do Teatro da Pequena Morte, é dirigida por Reginaldo Nascimento.

“Marat - Sade é um grito pela liberdade de pensamento para que cada ser consiga reconhecer seu direito de pensar, questionar, exercer a cidadania e fazer suas escolhas. As opressões, os oprimidos e os opressores, o confronto político, social e ético estão ali em cada traço das ideias de Peter Weiss à la Brecht”, afirma Nascimento.

MARAT – SADE

Estreia: 4 de maio (quarta-feira)
Horário: 21h00

Texto: Peter Weiss. Tradução: João Marschner. Direção: Reginaldo Nascimento. Direção Musical: Ângela Calderazzo. Com o Teatro da Pequena Morte. Elenco: Alex Viana, Ângela Calderazzo, Babi Summo, Bruno Vilaz, Dana Trevizan, Elvis Zemenoi, Fabiana Braun, Fernanda Tessitore, Francisco Cruz, Júlia Gama, Juliana Tahamtani, Mariva Lima, Patrícia Rocha, Paulo Ribeiro, Rafa Anastácio, Raquel Terribile, Reinaldo Rodriguez, Ricardo Maranhão, Rogério Pérez, Saulo Ciasca, Vanusa Costa, Vitor Colli e Wagner Ferraz. Músicos: Mariva Lima (Violão e Guitarra), Reinaldo Rodriguez (Contrabaixo elétrico) e Ângela Calderazzo (Teclado e Flauta Transversal).

Temporada: quartas e quintas, às 21h00, até 22 de junho. Importante: o espetáculo fará apresentações extras às terças-feiras nos dias 7, 14 e 21 de junho (21h00).

Idade: a partir de 16 anos

Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (mais de 60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino)

Duração da peça: 1h40

Local: Teatro Commune (Rua da Consolação, 1.218). Tel.: (0XX11) 3476-0792. Capacidade 100 lugares. Bilheteria funciona uma hora antes do início do espetáculo. Bar. Acesso para deficientes. Ar condicionado. Aceita cartões.


Fonte: Assessoria de Imprensa (amaliapereira@terra.com.br)









Voltar



O SIMESP Serviços Financeiro Comunicação Notícias e Eventos Contato  Links
- Diretoria
- Regionais
- Estatuto
- Processo Eleitoral
- Perguntas frequentes (FAQ)
- Associe-se
- Atualize seus dados
- Assessoria Jurídica
- Processos online
- Campanhas Salariais
- Convenções Coletivas
- Cálculo de I.R.
- Homologação
- Banco de Empregos Médicos
- Banco de Imóveis da Saúde
- Mural de Devedores
- Simesp+
- Tipos de Contribuição
- Calendário de Cobrança
- Certidão de Quitação
- TV Simesp
- Revista DR!
- Jornal do Simesp
- Simesp Esclarece
- Movimento Médico
- Simesp na Midia
- Cultura e Arte

Sede: Rua Maria Paula, 78 - 1º ao 4º Andar | São Paulo - SP | Cep: 01319-000 | Fone: (11) 3292-9147 - | Fax: (11) 3107-0819